Oferta: IDE de PHP CodeLobster edição Profissional

Temos uma oferta especial para todos os programadores de PHP. Vamos oferecer 3 licenças profissionais do IDE de PHP CodeLobster. O CodeLobster é um editor gratuito de PHP, mas também tem uma versão Profissional com vários plugins pagos para CMSs e frameworks comuns.

Como participar

O concurso é simples: basta deixar um comentário neste artigo e daqui a duas semanas os vencedores serão escolhidos à sorte. Certifiquem-se que preencheram correctamente o vosso email quando colocarem o vosso comentário, para podermos contactá-lo se for um dos vencedores.

Se for novo ao nosso site pode subscrever ao nosso RSS feed e ficar a par de artigos e ofertas futuras.

A acompanhar a oferta temos também uma análise ao editor CodeLobster. A CodeLobster Software foi generosa o suficiente para nos oferecer as licenças do concurso e para teste, mas a análise é da minha única responsabilidade e reflecte apenas a minha visão independente.

Análise ao editor de PHP CodeLobster

Prós

  • Editor rápido e simples.
  • Bons plugins para Drupal e outros CMSs e frameworks (apenas na versão Professional).
  • Versão portável.
  • Funcionalidades de FTP e controlo de versões.

Contras

  • Ausência de perfis (i.e. perfis diferentes por projecto - desenvolvimento, teste, produção, etc.).
  • Suporte SVN limitado (para já).
  • Não tem gestor de code snippets.
  • Apenas disponível para Windows.

Editor de PHP CodeLobster

CodeLobster é um IDE de PHP para Windows. Há uma versão gratuita (para a qual precisa de se registar ) com o suporte habitual para escrever código PHP/JS/HTML/CSS e há também uma versão Professional com plugins para CMSs e frameworks comuns.

A instalação é simples. O CodeLobster pode associar-se ao sistema de ficheiros para todo o tipo de ficheiros que suporta, mas o que me chamou à atenção durante a instalação foi a possibilidade de instalar uma versão portável. É um bom pormenor que permite mover a pasta do CodeLobster para outra máquina. Se não escolher durante a instalação, pode fazê-lo mais tarde nas preferências.

Preferências CodeLobster para versão portável
Preferências CodeLobster para versão portável

Depois da instalação vai reparar num ecrã de trial. Se for usar a versão gratuita tem de requisitar um código que lhe será enviado para o email.

Trial screen do CodeLobster
Trial screen do CodeLobster

A primeira coisa que chama à atenção quando o editor abre é a quantidade de barras de ferramentas e janelas que estão abertas. Apesar de ser bom haver tantas, acho desnecessário estarem todas abertas.

Editor PHP do CodeLobster
Editor PHP do CodeLobster

Felizmente é fácil de adaptar a interface, podendo fechar ou mover as janelas e barras de ferramentas que pretender.

A ausência de um ecrã de boas-vindas é também do meu gosto. Muitos IDEs começam com uma janela de boas-vindas ou com as últimas notícias. Acho isto desnecessário, apenas quero ir directamente para o último projecto e ficheiros em que estava a trabalhar, que é o que o CodeLobster faz. No entanto, se preferir ter umas notícias quando abre o editor, tal é possível, pelo menos desde que tenha alguns plugins (estando tal no entanto desactivado por omissão).

O CodeLobster é em geral mais simples do que outros IDEs mais avançados como o NetBeans ou o Eclipse, que têm de suportar uma quantidade maior de linguagens e funcionalidades. Como o CodeLobster se foca em PHP e HTML/JS/CSS, torna-se mais simples e fácil de usar e também não tem de suportar funções desnecessárias.

Vamos agora falar de algumas das suas funcionalidades.

Code highlighting e suporte de themes

Code highlighting e suporte de themes no CodeLobster
Code highlighting e suporte de themes no CodeLobster

O CodeLobster suporta vários themes, se não gostar do que vem por omissão. Se já tiver um ficheiro aberto por detrás da janela de preferências, pode ver como um theme vai ficar, bastando para isso seleccioná-lo. Existem themes escuros e também pode desenhar o seu próprio theme.

Eu usei o theme Zend for Eclipse, que tem umas cores suaves.

Autocomplete

Autocomplete do CodeLobster
Autocomplete do CodeLobster

A funcionalidade de autocomplete surpreendeu-me, porque detecta as chaves nos vectores!

Debugging de PHP

Debugging de PHP no CodeLobster
Debugging de PHP no CodeLobster

Uma funcionalidade de debugging é fundamental num IDE. Neste respeito, o CodeLobster não desiludiu e foi muito fácil configurar o debugger e funcionou à primeira tentativa.

Já tinha o meu servidor Apache ligado, então fui às preferências do debugger e usei a função autodetect, que funcionou muito bem.

Opções do debugger de PHP no CodeLobster
Opções do debugger de PHP no CodeLobster

FTP

FTP do CodeLobster
FTP do CodeLobster

A maioria dos IDEs vem com suporte para FTP. O CodeLobster tem funcionalidades de download e upload por FTP.

Uma das coisas que me enlouqueceu foi não ser óbvio como criar uma ligação FTP. Aparentemente, não sou o único a pensar assim e, depois de procurar nos fóruns do CodeLobster, descobri que se configuram as ligações de FTP na janela Explorer. Não é muito intuitivo, mas pelo que sei é algo que irá mudar no futuro.

Depois de criar a ligação, abra as propriedades do projecto e escolha a sua ligação. Em seguida pode usar as funcionalidades de upload e download.

Suporte de controlo de versões

O CodeLobster vem com suporte para controladores de versões. Tem suporte limitado para GIT e SVN. Eu uso o TortoiseSVN e, para já, este ainda não é suportado pelo IDE. No entanto, é algo que será adicionado em versões futuras.

Se usar SVN, o IDE suporta o Subversion para Windows.

Plugins pagos

Pode adquirir plugins que adicionam suporte para vários CMSs e frameworks. Vou concentrar-me no plugin para o Drupal, mas os outros são parecidos. Vejam no site oficial do CodeLobster mais informação sobre cada plugin.

Plugins existentes:

  • CakePHP plug-in
  • CodeIgniter plug-in
  • Drupal plug-in
  • Facebook plug-in
  • JQuery plug-in
  • Joomla plug-in
  • Smarty plug-in
  • Symfony plug-in
  • WordPress plug-in
  • Yii plug-in
  • SQL manager

Plugin para Drupal do CodeLobster

Eu uso o Drupal, por isso foi com agrado que descobri que o CodeLobster tinha um plugin para Drupal. O plugin ajuda na criação de projectos e módulos e também traz algumas funcionalidades adicionais.

Para criar um projecto Drupal existem duas opções: criar um site Drupal vazio (pode escolher a versão do Drupal e outros detalhes adicionais) ou começar com site “típico” de Drupal.

Wizard de projecto: Typical Drupal Site

Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster

O template Typical Drupal Site só suporta o Drupal 6 e usa actualmente a versão 6.19 do Drupal, que não é a última. Depois de criar o projecto, o site deve ser actualizado para a última versão do Drupal, que inclui várias correcções de segurança.

O wizard oferece diversas opções de configuração. Algumas notas:

  • Tem de criar uma base de dados antes de avançar com o wizard.
  • Certifique-se que o URL para o projecto está correcto na tab Admin ou o wizard irá falhar.
  • Pode escolher o tipo de conteúdo que quer na tab Content.
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: basic
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: basic
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: admin
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: admin
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: content
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: content
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: theme
Wizard para criar um projecto de site Drupal com o CodeLobster: theme

Não usaria este wizard para os meus projectos, não só porque usa o Drupal 6, mas também porque prefiro sempre fazer desenvolvimento à medida. Apesar de apreciar o facto de vir com vários módulos custom que podem ser ajustados depois de se criar o projecto.

Wizard de projecto: Empty Drupal Site

O wizard Empy Drupal Site é mais do meu agrado. Permite a escolha da versão do Drupal a instalar e, tanto quanto me apercebi, faz download da última versão a partir do site (pelo menos desde que se escolha Drupal 7), o que é bastante prático.

Wizard para criar site Drupal vazio com o CodeLobster
Wizard para criar site Drupal vazio com o CodeLobster

O wizard vai criar uma base de dados e um site Drupal vazio, mas pode escolher os módulos que quer activos.

Wizard para módulos Drupal

Opção para criar módulo Drupal no CodeLobster
Opção para criar módulo Drupal no CodeLobster

Estava à espera de encontrar o wizard quando fizesse right-click no projecto ou na pasta dos módulos, por isso demorei algum tempo até encontrar a opção no menu Plugins que se encontra no topo.

Wizard para criar módulo Drupal no CodeLobster
Wizard para criar módulo Drupal no CodeLobster

O wizard é uma forma rápida de criar a pasta com os ficheiros essenciais do módulo. Poupa-nos pouco tempo, mas ajuda a suavizar o processo de desenvolvimento.

Hooks para módulos Drupal e autocomplete

O plugin torna fácil a criação de hooks para os módulos.

Hooks para módulos Drupal no CodeLobster
Hooks para módulos Drupal no CodeLobster

Não apenas isso, mas também tem autocomplete para as funções de theme e dos formulários Drupal.

Ajuda de contexto

Ajuda de contexto para Drupal no CodeLobster
Ajuda de contexto para Drupal no CodeLobster

A ajuda contextual vai abrir um browser com a página da API do Drupal para um método ou constante particular. Já não é preciso pesquisar no Google cada vez que quer encontrar a documentação de um método.

Encontrar uma função de menu

Outra funcionalidade que o plugin Drupal suporta é a possibilidade de encontrar uma função de menu pelo caminho ou vice-versa.

Encontrar função de menu Drupal no CodeLobster
Encontrar função de menu Drupal no CodeLobster

Conclusão

O CodeLobster é um bom e simples editor que todos os programadores de PHP devem considerar. Gosto da sua simplicidade e velocidade. Para mim, o principal problema é a falta de suporte para o TortoiseSVN, mas isso será adicionado no futuro.

A minha segunda queixa é a falta de perfis para os projectos. Por exemplo, tendo um perfil de desenvolvimento onde poderia configurar a pasta local (ou ligação FTP) para copiar os ficheiros e um URL local para fazer debug ao site. Depois teria perfis para outros ambientes (teste, aceitação e produção). É sempre possível alterar as propriedades do projecto de cada vez, mas é pouco prático. Não é uma função essencial, mas seria algo que eu usaria com alguma frequência.

Fora isso, vejo-me a usar o IDE mais vezes. A falta de disponibilidade para outros sistemas operativos pode afastar alguns utilizadores. A adição de um gestor de code snippets com suporte de autocomplete seria também algo bom de ter numa versão futura.

Artigos relacionados